A HISTÓRIA DA ACADEMIA NOVA UNIÃO

Digna do título de conceituada academia de artes marciais a nível mundial, a Nova União pavimentou o seu caminho no MMA (mixed martial arts/artes marciais mistas) ao ser representada por lutadores renomados como José Aldo e Leonardo Santos, além de revelar promessas femininas como Poliana Botelho e Ketlen Vieira. No campo de atuação do Jiu-Jitsu, a equipe formou um time na faixa-preta que conta com nomes de respeitados atletas como o de Márcio André, Luan Carvalho e o já citado Leonardo Santos, hoje presidente da equipe, considerado o melhor peso leve de sua geração de competidores na Arte Suave.
 

NOVA UNIÃO: O COMEÇO DE TUDO E O DESTAQUE DOS PESOS LEVES

Wendell Alexander e Dedé Pederneiras, ambos graduados à faixa-coral de Jiu-Jitsu, tinham as suas próprias equipes antes da fusão que resultaria na Nova União. Ao acompanharem seus alunos em campeonatos, Dedé e Wendell se aproximaram nesse ambiente de rivalidade. Após colaborarem juntos no auxílio de atletas durante as competições, ainda que fossem de equipes diferentes, Wendell e Dedé perceberam que juntos seriam mais fortes e, em 1995, criaram a Nova União. Após a fusão, não demorou para que a equipe começasse a ameaçar os adversários no tatame. No primeiro Mundial de Jiu-Jitsu que disputaram como um único time, em 1996, a Nova União conquistou 7 medalhas nas faixas coloridas. No ano seguinte, o resultado foi ainda mais expressivo: 28 medalhas em uma variedade de categoria de faixas, incluindo a preta. Na ocasião, a notoriedade ficou por conta do desempenho memorável da equipe entre os competidores mais leves. O feito garantiu à Nova União o título de especialista na formação de campeões nesse padrão de peso. Com o passar dos anos e após a entrada do time de Wendell e Dedé no MMA, essa especialidade não se modificou: Renan Barão (não mais associado à Nova União) e José Aldo, lutadores mais leves, brilharam no UFC (Ultimate Fighting Championship), a organização de MMA mais famosa do mundo.
 

A EQUIPE NOS DIAS DE HOJE

Atualmente, a Nova União conta com uma rede de academias espalhadas pelo mundo, do ocidente ao oriente. A atuação no MMA permanece forte, agora inclusive com especial destaque no MMA feminino. Além do UFC, a equipe conta com atletas contratados por outras organizações de igual relevância, como o Absolut Championship Akhmat, na Rússia. Diante do crescimento do Jiu-Jitsu no atual mundo globalizado, a Nova União tem reservado especial atenção à formação de proeminentes atletas de grappling, com um número expressivo de competidores em disputas sob a chancela da IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Championship) e da UAEJJF (UAE Jiu-Jitsu Federation). À convite dos fundadores Wendell Alexander e Dedé Pederneiras, Leonardo Santos aceitou assumir a presidência da equipe com a missão de expandir ainda mais o alcance e a credibilidade da equipe.

 
 
This is a simple headline

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat.